quinta-feira, 20 de setembro de 2018

ATIVISTA INTERNACIONAL DIZ QUE POR DIREITO, LULA DEVERIA SER O PRÓXIMO PRESIDENTE DO BRASIL

O linguista e ativista político Noam Chomsky visitou nesta quinta-feira, 20, o ex-presidente Lula na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde é mantido como preso político desde 7 de abril; em entrevista a jornalista após o encontro, Chomsky
defendeu o direito de Lula participar das eleições. "Foi uma experiência maravilhosa. Não é todo dia que se encontra uma figura extraordinária do século 21. E por direito ele deveria ser o próximo presidente do Brasil", disse ele, que esteve acompanhado do ex-ministro Aloizio Mercadante; assista

  1. Chomsky disse também que nós não deveríamos esperar uma liderança da classe intelectual. "As lideranças vêm de pessoas como os movimentos populares. Quando eles crescem, os intelectuais algumas vezes se unem aos movimentos. Por exemplo, os direitos civis nos Estados Unidos não começou com intelectuais, começou com alguns estudantes negros se sentando em lanchonetes", afirmou. 
  2. Em mensagem à Vigília Lula Livre, logo após a coletiva, Chomsky descreveu o momento atual no País como um "terrível período na história do Brasil, que pode se tornar num declínio permanente ou no colosso do sul, como foi anunciado há um século". Ele disse ainda que os brasileiros têm uma "escolha importante historicamente" a fazer nas eleições desse ano e que está nas nossas mãos a mudança de rumo desse cenário

Nenhum comentário:

Postar um comentário