sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Comerciante acusado de matar colombianos em Ilhéus é solto em Itabuna.

 
Acatando argumentos da defesa o Tribunal de Justiça da Bahia determinou a soltura do comerciante Magno Rodrigues Silva, acusado de participação no assassinato dos colombianos Diana Paola Zuluaga Grisales e Yorleth Andres Alban Tenório, em maio deste ano, em Ilhéus. 


O suspeito teve o pedido de soltura negado pela Vara Crime da Comarca de Ilhéus, mas na quarta-feira (23) foi atendido pelo Tribunal. 
Ele estava detido no Conjunto Penal de Itabuna. Os colombianos, de acordo com investigação, teriam ido até Magno Rodrigues para cobrar dívida e acabaram mortos. De acordo com as investigações, o acusado fugiu de um cerco policial na mesma noite do crime e se entregou 19 dias depois, em 6 de junho. 
Durante depoimento à polícia, o comerciante disse que os tiros foram disparados por um funcionário seu, identificado como Cosme Santana Nunes. O acusado alegou ainda que Cosme reagiu ao ver que o casal estava armado. Segundo a polícia, Magno Rodrigues tramou o sequestro e a morte de Diana Paola e Andres Alban para saldar débito de R$ 50 mil com um cigano de prenome Aldo. O comerciante teria atraído os colombianos com promessa que saldaria uma dívida de R$ 7 mil que tinha com eles. (Pimenta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário