quinta-feira, 5 de julho de 2018

AGENTES DE TRÂNSITO DE ILHÉUS RECEBEM CURSO DE CAPACITAÇÃO

Como parte do Programa de Instrução e Capacitação Permanente para Agentes de Trânsito, a Prefeitura de Ilhéus dá continuidade às aulas do curso de nivelamento de conhecimentos, no auditório do Centro Administrativo do Município, no Bairro da Conquista, de 3 a 5 de julho, das 7 às 13 horas. O objetivo é manter a atualização dos conhecimentos jurídicos para melhor formação teórica e prática das atividades de coordenação do trânsito.

Através de parceria entre a Superintendência de Transportes e Trânsito (Sutran) e o Sindicato dos Agentes de Trânsito da Bahia (Sindatran), o programa contemplará todos os 86 agentes de trânsito do município, em dias alternados, totalizando seis turmas. Nesta terça-feira, dia 3, a aula abordou a fiscalização de produtos perigosos e inflamáveis, e foi ministrada pela especialista em gestão e legislação de trânsito, com ênfase em fiscalização de produtos perigosos, Jackeline Santos. As aulas terão prosseguimento até o final do mês, nos dias 16, 23 e 30.

A especialista salientou a importância dos cuidados com o gás de cozinha, desde o seu manuseio ao transporte adequado. “Pra você ter uma ideia, desde 1997, com o advento do Código de Trânsito – com o qual trabalhamos até hoje, é proibido fazer o transporte de gás da maneira que ainda vemos em nossa cidade, aquela gaiola contendo três butijões em uma motocicleta”, disse.

O curso estimula o estudo sobre as modificações no Código de Trânsito Brasileiro e outras legislações que envolvem a matéria, inclusive, leis federais, estaduais e municipais, a exemplo da lei geral de acessibilidade, Lei de Uso e Ocupação do Solo, Plano Diretor, Código de Posturas, entre outras. A finalidade é capacitar os agentes de trânsito para fiscalizações específicas.

Para o superintendente de Trânsito de Ilhéus, Gilson Nascimento, “é necessário capacitar mais os agentes de trânsito para que possam orientar e fiscalizar os motoristas e pedestres com novos conhecimentos. Nesse sentido, ele informou que, além do curso, a Prefeitura de Ilhéus fará um convênio com a Agência Nacional do Petróleo (ANP). A ANP, órgão regulador, possui várias resoluções que também incluem algumas restrições e proibições.

Segundo Valério Bonfim, presidente do Sindatran/Ba, um conjunto de ações está sendo elaborado para se aplicar entre os colegas, para que, futuramente, o órgão possa atuar melhor. “Há cerca de cinco anos, o município não fornecia nenhum tipo de curso; eram feitos por conta própria. Nesse momento, nós criamos um grupo permanente de capacitação (com o mesmo curso e grade curricular) até alcançarmos os 86 agentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário